Suplementos Alimentares – CIA DO CORPO

De  |  Nenhum Comentário

Oi pessoas,

Hoje é um bigpost mas contém excelente informação, com a ajuda da Academia Cia do Corpo, grande parceira do blog, que possui em sua loja uma grande variedade de suplementos,  apresentamos a vocês de forma simples e fácil, como ficar por dentro da :

SUPLEMENTAÇÃO ALIMENTAR

Esses produtos são indicados para praticantes de atividades físicas e atletas, como aditivo para melhorar o desempenho e encurtar o tempo de recuperação muscular. Não podem substituir refeições nem servir como dieta exclusiva.

Os suplementos alimentares podem ser consumidos para prevenir e tratar doenças (no fígado e nos rins, por exemplo) e suprir a falta de apetite, restrições na dieta ou alimentação inadequada decorrente de estresse, correria ou maus hábitos.

Crescimento Muscular:

Os músculos aumentam de tamanho com o repouso, durante a noite. Após a atividade física, eles enviam sinais para que as células acelerem a produção de proteínas, para recuperar as fibras lesionadas no exercício. Essa reabilitação faz com que o músculo cresça.

À medida que o corpo vai se adaptando a determinado esforço, a pessoa tem que incrementar a carga ou mudar o tipo de exercício, para continuar estimulando os músculos.

MASS-CIADOCORPO-PROJETOMAGRA

CREATINA:

A creatina principalmente na forma Monohidratada se tornou um dos suplementos mais estudados e avaliados na prática esportiva por sua contribuição ao rendimento físico em atletas, além dos vários protocolos demonstrando sua eficácia no aumento da massa muscular e força. No rendimento físico a creatina tem como papel central a provisão rápida de energia principalmente em atividades intensas de curta duração.

CREATINA-CIADOCORPO-PROJETOMAGRA

HIPERCALÓRICOS:

Sua função basicamente é ajudar numa dieta ou suprir alguma deficiência de determinada vitamina que o organismo possa apresentar mediante comprovação médica. Os suplementos hipercalóricos apresentam alta concentração calórica, porque contém todos os nutrientes carboidratos, proteínas, vitaminas, minerais e gordura em proporções balanceadas. São indicados, de modo geral, para pessoas que têm um gasto energético muito elevado, como quem pratica exercícios físicos em academia, ou para pessoas que não fazem suas refeições de maneira adequada.

WHEY3-CIADOCORPO-PROJETOMAGRA

BCAA:

Constitue até 35% da massa muscular corporal e são indispensáveis para a manutenção e o crescimento dos músculos. Além de construir células e reparar tecidos, eles formam anticorpos, fazem parte do sistema hormonal e enzimático, formam RNA e DNA e ainda transportam oxigênio pelo corpo.

BCAA-CIADOCORPO-PROJETOMAGRA

 

WHEY PROTEIN:

Whey Protein é o nome mais conhecido da proteína do soro do leite, uma proteína bastante concentrada, com alto valor biológico, que apresenta todos os aminoácidos essenciais e não essenciais em quantidades balanceadas e de fácil digestão e absorção. Um crescente número de estudos tem demonstrado que a Whey Protein possui propriedades únicas, reduzindo o estresse, diminuindo níveis de cortisol, auxiliando na diminuição da pressão sangüínea, aumentando a performance física e reforçando o sistema imune, motivos pelos quais tornou-se um complemento alimentar unânime, usado por atletas das mais diversas modalidades. Esse suplemento funciona principalmente para quem exige da musculatura em um nível de treino muito alto, pelo menos 4 vezes por semana.

Whey protein isolado, ou seja, não possuiu carboidrato.

WHEY2-CIADOCORPO-PROJETOMAGRA WHEY-CIADOCORPO-PROJETOMAGRA

 

TERMOGÊNICO:

Exerce papel essencial no metabolismo energético, auxiliando na perda de gordura do organismo. É um produto à base de cafeína que acelera o metabolsimo, aumentando o gasto de calorias.

TERMOGÊNICO-CIADOCORPO-PROJETOMAGRA

 

Não há estudos conclusivos sobre os efeitos colaterais da suplementação alimentar, mas há indícios de pessoas que fazem uso excessivo e que podem apresentar náuseas, tremores, aumento dos batimentos cardíacos e da pressão arterial . Por isso, é importante que o consumo de suplementos seja feito sob a orientação de especialistas em esporte e nutrição.

 

Pesquisando mais sobre suplementos, achei muito interessante compartilhar essa matéria da Revista Suplementação, dos erros comuns no uso:

 

” Erros comuns no uso de suplementos alimentares

Indicação ou momento errado, combinação com outros alimentos, intervalos, visão sobre custo-benefício. Aprenda o que compromete a eficiência dos suplementos alimentares e confira quais são os 10 principais erros cometidos na hora da suplementação
 Rodolfo Peres 
Nutricionista especialista em nutrição esportiva com vasta experiência no 
acompanhamento de atletas e esportistas, mais de 50 cursos ministrados no Brasil, consultor da Probiótica Laboratórios, co-autor do livro “Are You Ready? A cada dia o acesso à suplementação alimentar é maior. É bem provável que em breve, o Brasil seja como os Estados Unidos, onde encontramos vários tipos de suplementos nas prateleiras dos supermercados, lojas de conveniência e lanchonetes. Mas de nada adianta a população ter acesso aos melhores produtos, sem as informações corretas sobre seu uso. O objetivo deste artigo é apresentar alguns erros comuns na administração de suplementos alimentares. Desde já, deixamos clara a importância do profissional de nutrição para ajustar a suplementação adequada para cada indivíduo, quando ela se mostra necessária. 1) Uso de repositores energéticos durante atividade aeróbica, quando o objetivo é a redução da gordura corporal 
É muito comum encontrarmos alguém fazendo esteira e/ou bicicleta ergométrica, com o objetivo de perder gordura corporal, ingerindo repositores energéticos como se fosse água. O conteúdo do rótulo, afirmando que é uma bebida repositora para praticantes de atividade física, associado a um sabor agradável, tende a estimular o consumo. Mas vale lembrar que essas bebidas só devem ser ingeridas durante a atividade aeróbica em duas situações específicas: 
quando o objetivo for um aumento na performance – devido ao efeito poupador de glicogênio – ou para repor eletrólitos em exercícios com duração superior a uma hora. Ou seja, os vinte ou trinta minutos de esteira que você faz buscando otimizar a queima de gordura não terão o efeito esperado se você consumir repositores energéticos durante a atividade. 2) Uso de whey protein com leite após o treinamento 
whey protein é uma proteína de rápida absorção. Característica que a faz muito especial no período 
pós treino, quando nosso organismo está ávido por nutrientes. Mas o consumo de whey protein com leite, irá retardar todo esse processo. Tanto antes, como após o treinamento, o consumo do suplemento deve ser com água, visando um rápido esvaziamento gástrico. 3) Uso de apenas whey protein após o treinamento 
A principal necessidade do nosso organismo no momento após o treinamento, ainda seria repor as reservas 
de glicogênio depletadas durante o exercício físico. O consumo de carboidratos (dextrose, maltodextrina) em conjunto com uma fonte protéica 
de rápida absorção (whey protein) é recomendado. Consumir apenas proteína após o treino é um grande desperdício. 

4) Tomar creatina antes do treino visando melhorar a performance naquele momento 
Sempre observo muitas pessoas utilizarem a creatina logo antes do treino, acreditando que ela irá influenciar positivamente a performance do exercício naquele momento. O efeito da creatina ocorre apenas depois que houver saturação celular, o que leva alguns dias de suplementação. 
Portanto, o efeito da suplementação é crônico, não agudo. A ingestão de creatina pode ser realizada em qualquer horário do dia, preferencialmente 
em conjunto com algum alimento fonte de carboidrato simples. Uma sugestão é acrescentar a creatina em conjunto com o shake pós-treino, que deveria ter como base a whey protein e dextrose. 

5) Ingerir dextrose antes do treino visando otimizar a performance 
Para a maioria das pessoas, essa prática poderia ter um efeito contrário do desejado. Ao invés de melhorar a disposição/energia durante a atividade, ao ingerir dextrose antes do treino, podemos ter uma queda na performance devido a instalação de 
uma hipoglicemia de rebote. Nesses casos, a maltodextrina acaba sendo uma alternativa mais interessante no momento anterior ao treino, mas mesmo assim, algumas pessoas ainda podem apresentar esse sintoma. Para manter a glicemia constante, o melhor seria ingerir a maltodextrina antes e durante o treino. Outra ideia seria garantir um bom aporte de carboidratos complexos de baixo índice glicêmico, consumindo por exemplo batata doce, inhame, mandioca, pão integral, macarrão integral, maçã, e pêra, cerca de uma hora antes do treino. Dessa forma, não seria necessária a suplementação com mais carboidratos, tanto antes quanto durante o treino. 

6) Administrar whey protein com água antes de dormir 
Como já discutimos acima, a whey protein é uma proteína de rápida absorção, sendo que seus aminoácidos 
não permanecem durante um período considerável no plasma sanguíneo. Antes de dormir, considerando um sono em torno de oito horas, precisaríamos de 
uma fonte protéica com absorção mais lenta. Carne vermelha, peito de frango e claras de ovos seriam exemplos de boas fontes alimentares, enquanto caseína 
e albumina seriam opções suplementares. Ambas seriam ótimas medidas. 

7) Acordar de madrugada para ingerir um “shake protéico”

Na minha opinião, aqueles indivíduos que gozam de um bom sono, sem interrupções, não deveriam deixar o despertador programado para tocar no meio da noite, a fim de se administrar um “shake de proteínas”. Desfrute seu sono que será bem melhor! Agora, para aqueles com sono inconstante, essa medida, sem dúvida, seria uma alternativa melhor do que assaltar a geladeira com alimentos inadequados. 
8) Depender de suplementos “pré-treinos” para treinar 
Sem dúvida, os suplementos mais em moda atualmente são os chamados “pré-treinos”. Eles combinam substâncias como cafeína, arginina AKG, ornitina OKG, beta-alanina, creatina, ribose, dentre outras. Realmente essas substâncias em sua maioria são válidas, em algumas situações e etapas da periodização do treinamento. 
Mas agora, depender desses produtos para ir para a academia já é demais, não? Observei pessoas que deixavam de ir à academia alegando falta de energia porque o pré-treino tinha acabado. Será que Arnold Schwarzenegger faltava aos seus treinos porque não tinha um suplemento como esse para tomar? 

9) Tomar vitaminas e sais minerais descomedidamente 
A suplementação com vitaminas e sais minerais é algo complexo e deve ser feito com cautela. A ingestão inadequada de um ou outro micronutriente pode inclusive acarretar a deficiência de outro nutriente. Em vez de garantir a ingestão de micronutrientes com algum multivitamínico qualquer, procure complementar, se for o caso, a ingestão exata do nutriente que está em deficiência na sua dieta. Para isso, sem dúvida, o nutricionista é o melhor profissional para lhe orientar. 

10) Acreditar sempre que o mais caro é o melhor, ao invés de buscar suas reais necessidades 
Qual o melhor suplemento alimentar do mercado? Esta pergunta não tem resposta. Cada pessoa possui diferentes necessidades em diferentes períodos. Para alguém que passa o dia todo fora e não tem tempo para se alimentar, uma refeição líquida pode ser o mais indicado. Já para alguém com boa disponibilidade de tempo e de acesso a alimentos adequados, uma refeição líquida seria desnecessária. A individualidade biológica deve sempre ser respeitada. 

Fonte: REVISTA SUPLEMENTAÇÃO – ANO 04 – EDIÇÃO 11 “

Fique por dentro de tudo que acontece na Academia Cia do Corpo pelo facebook :https://www.facebook.com/CiadoCorpoPatrocinio

 

CIA DO CORPO ACADEMIA/LOJA

Praça Honorato Borges, 787

Tel: (34) 3831-6223

 

Aliás convido todos meus leitores, para o desfile que a Cia do Corpo está promovendo, será uma noite super agradável para você amante do bem estar e boa forma, venham conhecer de perto o que é uma Academia!!!!! O blog estará fazendo parte do desfile!!! Conto com vocês!!!

fitness

Beijos

 

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *