Organizando a viagem perfeita!

De  |  Nenhum Comentário

Amadinhas,

Com ajuda das meninas da Trajetus Turismo que são experts em decidir e ajudar a organizar qualquer viagem dos sonhos, fizemos esse top 10 de como se sair bem, e organizar aquela viagem perfeita!

Fique atenta aos detalhes:

1 – A escolha do lugar

Vai depender do seu gosto. Há quem prefira cidade, quem prefira praia, montanha… Sua viagem será romântica ou para toda a família? Defina o que quer e comece a ler sobre lugares bacanas, conversar com as pessoas… Quando você estiver inclinada a se decidir por algum lugar, procure um consultor de viagens, essa é a função desse profissional, auxiliá-lo na hora de bater o martelo.

19eaa3f2458b72f406c64a785c3ba561

2 – Quando ir?

Grandes cidades são “visitáveis” em qualquer época do ano. Mas você precisa levar em conta o clima. Se nevar, por exemplo, pode atrapalhar bastante. Por outro lado, calor demais em uma cidade sem praia pode ser desesperador. Se seu destino for um balneário, escolha o verão. Fora dessa época, você não vai curtir o que o lugar tem a oferecer. O mesmo vale para estações de esqui, que tem que ser visitadas no inverno. Viajar na alta temporada sai mais caro, mas viajar fora dela, pra quem curte agitação, não é a melhor pedida.

3 – Quantos lugares visitar?

Isso vai depender do seu tempo disponível para a viagem. Escolha lugares que sejam relativamente próximos entre si e pesquise sobre como chegar a eles. Você precisa ter em mente que o deslocamento tomará tempo. Reserve no mínimo 3 noites para cada lugar, em caso de cidade pequenas, e 5 noites no caso de cidades grandes. Deslocar-se demais e ficar pouco tempo em cada destino são fatores que fazem com que você conheça muito pouco de cada lugar e deixam sua viagem cansativa. Depois disso, ai é a hora de decidir e comprar os bilhetes aéreos.

8e030dbf03f7cad41ca3ba2cc0409b56

4 – Precisa de passaporte e visto para ir para lá?

 Comece a providenciar o passaporte brasileiro já. Tem lugares que precisa de visto para entrar no país, como no Oriente Médio e nos EUA, mas a Europa e a América Latina não. E na última nem precisa de passaporte, apenas identidade válida há menos de dez anos com foto parecida com você hoje, não de criança.

5 – Como é por lá?

 Na época em que quer ir, como é o clima lá? Muito frio? Muito calor? Tem terremoto? É época de chuvas? É feriado lá? (daí talvez a cidade fique deserta e nada vai abrir). É a festa de aniversário da cidade?

6 – Onde se hospedar?

Ficar em um hotel de rede pode ser uma garantia de que você não vai se decepcionar. Por outro lado, muitas vezes é impessoal e sem charme, ou você pode preferir ficar em bons hotéis que sejam tradicionais na região e que tragam para a decoração a atmosfera local.

7 – Pesquisar o que tem para fazer lá.

 Você vai começar a conhecer o lugar desde agora, pesquisando, imaginando o que fará em cada dia da viagem, como dividir os passeios, que horas relaxar e se dar um tempo para curtir as férias mais tranquila.

02d61cb9dedea93aced7bab07246c9ff

8 – Verificar condições de saúde – Vacinas

A sua saúde é o que mais importante você tem. Seja em viagem ou em casa. Adoecer em viagem estraga os seus planos, por isso cuide de si. É importante ter uma lista de vacinas aconselhadas para viajar. Algumas destas vacinas você já tem, mas normalmente as vacinas importantes e que você deve ter em dia são a da febre amarela, cólera, difteria, encefalite japonesa, hepatite A, hepatite B, gripe, raiva, tétano e febre tifóide.

9 – O que fazer antes de viajar?

Preparar o que fazer antes de viajar pro exterior: como fazer para pagar contas, como deixar a casa, com quem deixar os filhos ou o animal de estimação. Avisar parentes e no seu local de trabalho sobre o período que estará ausente.

87a439aec9d310d35e5918b99a408af8

10 – Como transportar dinheiro de maneira segura?

A moeda internacionalmente mais bem aceita é o dólar. Compre aqui com boa antecedência e de fontes confiáveis. Leve algum dinheiro trocado em notas baixas para despesas imediatas na chegada, tais como taxas, taxis, pedágios, gorjetas, etc. Leve uma reserva de reais para as pequenas despesas no aeroporto, na partida e na chegada, como taxas de embarque, refeições, revistas, jornais, ou cafézinho por exemplo. Nunca transporte todo o dinheiro num lugar só, e nunca dentro das malas a serem despachadas. Divida-o em duas ou três carteiras e carregue uma parte consigo num money port, que é como se chamam aquelas sacolinhas que se levam debaixo da roupa. Essa é a melhor forma de você não ficar sem nenhum tostão em caso de furto ou assalto.
OBS: Esteja ciente da regra de entrada de capital no país de destino no caso de transporte de quantias muito grandes, evitando assim problemas com alfândega, imigração e leis locais.

IMPORTANTE: Cartões de Crédito são na maioria das vezes, a moeda mais segura e confiável, porém em casos de perda e/ou extravio cancele imediatamente o cartão, tenha a mão o número do atendimento de seu cartão na localidade onde vai.

 

 

Não perca tempo, venha até a Trajetus Turismo, para saber mais sobre o seu destino e agendar seus merecidos dias de descanso.

Trajetus Turismo

Rua: Cesário Alvim, 1348

Telefax: (34) 3831-1499

e-mail: contato@trajetus.com.br

Face: https://www.facebook.com/TrajetusViagensETurismoLtda?fref=ts

Beijos

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *